Você sabe “Socratizar” na sua empresa?

Sócrates

O filósofo Sócrates pode muito bem ter sido um personagem de Platão.

Considerado um marco, a história da filosofia ocidental é dividida em antes e depois de Sócrates.

O que este filósofo escreveu de tão importante?

Absolutamente nada.

Não deixou uma linha sequer, daí a teoria de muitos de que ele pode ter sido um personagem idealizado de filósofos posteriores.

Suas idéias, ou as creditadas a ele, tiveram forte impacto no pensamento ocidental.

Sócrates era, antes de tudo, um questionador, até mesmo de si próprio.

Dizia que o único conhecimento que tinha é saber que nada sabia.

Freqüentava praças públicas a procura de sábios e suas verdades e tinha como objetivo desconstruir certezas se desamparadas de lógicas, se órfãs da razão, se sustentadas por vãs suposições.

Confesso que o espírito socrático é um dos meus ideais dentro das empresas que desenvolvo consultoria.

Quando entro em um local que possui uma grande falha (e todos possuem pontos fracos), minha intenção é sanar aquele problema e fechar aquela fenda, desviando, se necessário, parte do percurso ou fortalecendo essa debilidade.

Muitas vezes me deparo com certezas de profissionais que estão certos, não pela absoluta e sustentável convicção de suas ações e sim, muitas vezes, por tentativas de esconderem suas falhas, incertezas e inseguranças pessoais.

É comum deparar com pessoas que tentam tapar buracos com os próprios corpos, ainda que seja inútil e que um dia a fenda se escancarará.

Nestes casos, o melhor é mostrar ao “causador”, ou “defensor” das ações, que suas certezas podem ter várias vertentes e em alguns momentos, uma pequena mudança de percurso e postura não significa que todo o projeto construído seja falho.

É importante “socratizar” dentro das empresas, assim como Sócrates fazia em praças públicas… andando de ambiente em ambiente, escutando certezas, opiniões, observações e questionar; muitas vezes, é de onde menos se espera que as soluções nascem.

Defender estratégias é inteligente até onde os resultados comprovam a eficácia.

Alterar, reprogramar-se e desviar são atitudes naturais em todas as embarcações.

Tenha, portanto, certezas, sempre!, mas esteja certo, suas certezas serão sempre questionadas e o ideal é que sejam por você próprio.

Ser amigo da lógica não é inimizade às suas certezas.

Questionar-se sempre e ter um pouco de Sócrates, sabendo que o que sabemos não passa da melhor explicação para aquele momento.

Amanhã podem vir explicações mais elaboradas e coerentes e não custa ouvir e talvez mudarmos, se necessário, o foco…

Fique alerta porque o amanhã pode ser amanhã…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s