O desafio de Aristóteles… Você sabe o que é dedução?

Sol nas maos____by_sergey1984

Ao ver a foto você deduziu que é um efeito de ótica e não a realidade.

Tem certeza que alguém não pode segurar o sol pelas mãos?

Teu cérebro executou uma série de cálculos e fórmulas, nem tão simples, para chegar a esta simples resposta.

Todas as suas afirmações partem de uma premissa, por exemplo, o sol nascerá amanhã porque nasceu todos os outros dias.

Quando chegam as dificuldades (e elas sempre chegam), tendemos a acreditar que não será fácil enfrentá-las, ainda que tenhamos vivido inúmeras e passado por todas…

Todos os argumentos que você usa, encontram base em sua lógica que, certamente, está centrada em suas experiências.

Como encontrar a solução para determinado problema?

Como definir a melhor estratégia para a sua empresa?

Como viabilizar aquele plano que tem tudo para dar certo e não sai da gaveta?

Talvez, você deva usar uma estratégia muito antiga, mas ainda válida, que era uma das teorias do filósofo grego, Aristóteles.

Para ele, os problemas poderiam ser solucionados partindo do coletivo para o individual.

Assim, a razão parte dessa premissa, passando por várias outras até chegar à conclusão, de forma que o raciocínio é um conhecimento indireto já que veio, intermediado, por outros, ao contrário da intuição que é o conhecimento direto, sem caminhos e lógicas.

Para que possamos raciocinar, temos que ter bases experimentais, que nos fornecem evidências e ai sim, chegarmos à conclusão final.

Por isso é extremamente importante que você tenha experiências diversas, conhecimentos múltiplos, vivências diferenciadas, que serão a base para as tuas conclusões, o fortalecimento de seu intelecto e os meios para ampliar teus horizontes lógicos.

Para que você possa deduzir sobre um assunto, antes, você tem que conhecer situações desse tema, assim, a conclusão é a conseqüência final.

Todo metal é dilatado pelo calor?

Se prata é um metal, logo, também é dilatada pelo calor.

Um português é europeu?

Dessa forma, os que nasceram em Lisboa certamente serão europeus.

Claro que esses exemplos acima são simplistas e óbvios, mas o que nem todos percebem é que a solução de muitos problemas, através desse processo dedutivo, também pode ser simples.

Para Aristóteles, essa lógica era um dos meios para se chegar a determinada conclusão, ainda que seja importante ressaltar que a dedução não traga conhecimento e sim derive dele.

Ainda, é importante se cuidar para não chegar a deduções falsas…

É possível que alguém nunca tenha visto um cavalo, quando o encontrar e perceber que é branco, poderá ter a falsa dedução que todo cavalo é branco…

A dedução é um processo simples que a lógica nos fornece, tomando os exemplos gerais e aplicando nos individuais.

É importante ter o cuidado necessário para não deduzir a partir de erros preliminares.

Algumas armadilhas podem causar conflitos e abalar a lógica, como:

Toda regra tem exceção.

Isto é uma regra, portanto, tem exceção.

Assim, nem toda regra tem exceção.

Essa lógica tem sua falha na primeira frase que é apenas um ditado popular e a realidade é, nem toda regra tem exceção, assim, essa premissa parte do erro.

Veja, dessa forma, que nem sempre os exemplos gerais são aplicáveis nos individuais, daí a importância em ver de que forma a dedução que você chegou não pode ter variáveis que invalidem a conclusão e te impeçam de dar a resposta final.

A dedução é apenas um dos meios de se concluir, não o único e nem sempre exato.

Assim, a regra para que você possa chegar a uma conclusão é se basear nas experiências anteriores, usando o seu conhecimento para resolver o problema em que se encontra.

Questione o problema, veja como já foi resolvido, saiba que, certamente,  será ultrapassado.

Caso seja algo comum a todos, encontre soluções partindo de suas e outras premissas, melhorando, ajustando, acertando os pontos falhos (também com base em teus experimentos) e você verá, para tudo há uma solução, pense então, apenas, qual a melhor delas.

Volte para ler meu próximo Post e vamos discutir de onde surge o conhecimento humano.

Até lá!

Anúncios

2 comentários sobre “O desafio de Aristóteles… Você sabe o que é dedução?

  1. Post legal. Parabéns. Isso tudo me lembra a forma do Sherlock Holmes checar a certas conclusões (embora eu não consiga mais “enunciar” o método dele). Ele explica isso no “Study in Scarlet”.

  2. Pois é Cleber, nunca tinha visto essa comparação mas é interessante!
    Obrigado pelo comentário e volte sempre, abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s