2 – Mundo Globalizado

Em que mundo a sua empresa está?

Qual o poder de alcance de seus negócios e até que consumidor você pode chegar?

***

Somos bilhões…

Unidos, de algum modo, todos unidos…

A poucos cliques de distância, você pode chegar até qualquer país, empresa, negócios, consumidor…

São bilhões de pessoas, milhões de empresas, todos os continentes, unidos, não há mais divisão…

Estamos todos conectados e os acessos são integrais.

O futuro se faz presente, a ficção não veio em forma de robôs e naves espaciais e sim, conectividade, interação, ausência de distâncias e possibilidades infinitas.

De que forma você se posiciona para encarar essa nova realidade? Mais, de que forma você se prepara para estar inserido nesta realidade?

Estamos apenas no início de uma revolução, onde tudo o que levou séculos para ser estruturado está desmoronando.

Me lembro da época em que a comunidade europeia estava se unindo, entre diversos protestos, pairava o medo de uma palavra, até então, assustadora “globalização”… seriamos todos iguais, sem forma, palavras ou ideais, seriamos todos o mesmo, multiplicado.

Anos depois, poeira assentada, a globalização está, aos poucos, representando, interação, acesso, capacitação…

Esteja você onde estiver, venda para qual mercado for, o mundo está próximo, os consumidores receptivos e as possibilidades são infinitas.

Atualmente, você pode ter uma empresa estabelecida no Brasil, fabricando seu produto na China e vendendo na Europa, tudo de forma rápida, eficiente e com pouco custo.

As distâncias diminuíram, as fronteiras desapareceram e as dificuldades dissiparam… a partir disso, como você agirá?

Irá procurar novos compradores e fornecedores em outras regiões, ou ficará na espera, em seu escritório?

As oportunidades estão ai… com um pouco de criatividade você terá inúmeras possibilidades e a sua empresa poderá dar um salto inesperado.

Muitos pensam que pelo fato de terem poucos recursos financeiros não podem ampliar seus negócios e desenvolver novos produtos, quando na realidade, a criatividade determina o ritmo e as soluções e não só, apenas, o capital financeiro.

A maior parte das grandes indústrias não começou com um enorme capital financeiro e sim, com ótimo capital humano.

Para alguns analistas, o futuro será dominado por corporações gigantescas, que unidas entre si, repassarão para empresas menores, trabalhos e fornecimento. Você também pensa assim?

Leia amanha, no próximo Post outra visão, sobre o mesmo tema.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s